Veja os diferentes tipos de tijolo para utilizar nas Obras!

04 de junho de 2021

Na hora de construir, comprar os materiais certos é indispensável. Mas para isso é muito importante entender as indicações de cada produto. Uma dúvida bem comum é sobre os diferentes tipos de tijolo e quando cada um deve ser usado.

Além das diferenças estéticas, os tijolos variam de acordo com o material do qual são produzidos, o que interfere em pontos sensíveis como cargas estruturais, formas de uso e até tipos de revestimento e acabamento.

Está construindo e não sabe qual dos tipos de tijolo comprar? Continue lendo este artigo e saiba tudo sobre o tema!

Tipos de tijolo: quais são e para que servem?

A escolha do tijolo influencia na segurança da edificação e também no estilo do projeto. Por isso, para fazer a escolha certa é importante conhecer os diferentes tipos de tijolo e suas indicações. Veja abaixo os principais.

Tijolo Cerâmico

Esse é, sem dúvida, o tipo de tijolo mais comum. O tijolo cerâmico é produzido a partir da queima da argila e sua cor é mais clara (quando cozido) ou mais escura (quando recozido).

O tijolo cerâmico é produzido de maneira mais artesanal, o que significa que não há uma grande padronização nos tijolos.

Existem inúmeros tipos de tijolo cerâmico que variam de acordo com as medidas e quantidade de furos. Os tipos mais comuns são:

·         Tijolo furado: possui vários tipos de furos e é indicado para diversas aplicações;

· Tijolo baiano ou bloco cerâmico: possui 8 furos e ranhuras que facilitam a aderência da argamassa. Os furos também são responsáveis por diminuir o peso do tijolo, contribuindo para o isolamento térmico da parede;

·  Tijolo laminado ou de 21 furos: é um dos tijolos cerâmicos mais bonitos. Muito usado na construção de churrasqueiras. A recomendação é usá-lo na horizontal, deixando a parte lisa aparente. Oferece um visual mais rústico e é bastante usado em cozinhas e varandas;

·         Tijolo refratário: é o mais usado em churrasqueiras e fornos à lenha porque é bastante resistente ao calor, à produtos químicos e à impactos.

Além dos tijolos furados, também existem os tijolos maciços. Os primeiros são mais leves e baratos, contudo têm maior facilidade de quebra (e, consequentemente, de perda de material), os segundos podem ser usados em construções aparentes ou divididos ao meio para serem usados como revestimento de paredes.

Todos os tipos de tijolo cerâmico (vazados e maciços) não são estruturais. Ou seja, eles apenas devem ser usados para o fechamento e não para sustentar a laje ou a cobertura da construção.

A vantagem do tijolo cerâmico é que ele é mais barato e oferece um bom conforto térmico, além de absorver menos água e ser fácil de ser transportado na obra.

Contudo, como dissemos, alguns tipos de tijolos são mais frágeis, nem sempre há uma boa padronização entre as peças e ele oferece pouco isolamento acústico.

Tijolo de vidro

O tijolo de vidro é mais usado para locais em que a questão estética é importante, afinal ele tem um custo bastante elevado quando comparado com os demais tipos de tijolo.

grande fileira de um dos tipos de tijolo, o tijolo de vidro
Dentre os tipos de tijolo, o de vidro é um dos mais custosos.

Serve para o fechamento de ambientes e permite a passagem de, aproximadamente, 75% da luminosidade. Por isso, o tijolo de vidro é indicado para locais em que é necessário preservar a iluminação natural, ajudando a deixar os ambientes mais diferenciados.

Tijolo Adobe

É o tipo de tijolo que tem a produção mais simples. Ele é feito apenas com terra crua, água, palha e fibras naturais. Todos os ingredientes se juntam e são moldados manualmente, depois são cozidos ao sol.

É um material muito presente em casas antigas, principalmente as construídas durante o período do Brasil Colonial, como são os exemplos dos casarões das cidades históricas como Pirenópolis, em Goiás, e Ouro Preto, em Minas Gerais.

Ele é usado, atualmente, em casas ecológicas, mas não deve ser usado em locais com muita chuva, porque ele não é impermeabilizado. A sua vantagem é o custo mais baixo, além de oferecer um ótimo isolamento térmico.

Tijolos aparentes (ou de acabamento)

São uma espécie de evolução do tijolo cerâmico tradicional, mas apresentam um acabamento melhor, maior resistência mecânica e menor porosidade. Podem ser assentados sem a necessidade de reboco, deixando as paredes com um visual rústico que está em alta.

Contudo, esse é um tijolo menor, o que significa um gasto mais elevado com argamassa e um tempo maior para conclusão da obra. Ele é mais usado em construção de fornos e fogões, além de detalhes em uma ou outra parede interna ou externa.

Cadastre-se e receba
novidades e promoções!


    *Ao se cadastrar você concorda em receber e-mails promocionais e novidades. Saiba mais na nossa Politica de Privacidade.

    MAIS PUBLICAÇÕES

    Siga a Rede de Construção no Instagram

    Fique por dentro das novidades, ofertas, promoções e muito mais.

    SAIBA MAIS